Sexta-feira, 13 de Abril de 2007

nós-fora-nada

 

Podes até ser uma incógnita mas o teu quociente de beleza e o teu coeficiente de inteligência deixam-me à beira de uma paixão multiplicada pela máxima potência. Tens um brilho nos olhos inumerável e um sorriso nos lábios incontável. Adoro o teu queixo rombóide com a tua boca trapezóide e não vejo a hora de me perder nos teus seios esferóides. Que saudades eu tenho do teu corpo ortogonal e dessa tua figura ímpar. Dessa tua perfeição, desde o ápice até à base, em que todo e qualquer ângulo resulta em harmonia. Desde que te conheci que conto os dias pelos dedos para te ver novamente. Quero que sejas a soma do quadrado dos meus catetos, a minha hipotenusa.

 

Podes até ser uma perpendicular mas estou disposto a dobrar todos os ângulos rectos só para poder circular em torno de ti. Quero ser o teu compasso e circundar o teu círculo concêntrico, quero ser a tua temática semântica e potenciar a tua matemática tântrica. Quando te aproximas, a fracção mais ordinária do meu pensamento corre à velocidade da luz e não vejo a hora de te percorrer as curvas para alcançar o teu diferencial. O teu ventre tem a proporção dum losango, o teu sexo a simetria dum triângulo, mas o meu paralelepípedo anseia por extrair a tua raiz. Quero que sejas a soma dos meus ângulos adjacentes, a semi-recta do meu vértice, a minha bissectriz.

 

Podes até ser uma euclidiana mas a tua fórmula relativa precisa do meu exegeta para delimitar a teoria do teu universo finito. Talvez não saiba de cor a tabuada mas acredita que posso ser tão sólido como o melhor dos poliedros e quão obtuso como o maior de todos dos ângulos. Quero descrever a tua geometria e quantificar todos os teus graus, quero ser o elemento da tua tabela periódica e o único registo do teu diagrama. Se estiveres disposta a deitar o teu corpo paralelo ao meu, podemos fazer do amor o nosso denominador comum. Quero que sejas o cálculo da minha aritmética, a unidade superlativa que controla o meu processamento, a minha grandeza absoluta.

 

Um abraço...

shakermaker

 

para ver: 12 Monkeys » B.Willis / B.Pitt
para ouvir: No.13 Baby por The Pixies em Doolittle
blogjob por shakermaker às 00:00

ISOLAR POST | DESANCAR POST | RECOLHER POST
35 LINCHAMENTOS:
De Breal a 14 de Abril de 2007 às 01:55
Fantástico!!!!!
Como a imaginação de um Homem, consegue utizar 3 estrofes, todas elas com o mesmo numero de versos, para dizer a palavra - Quero-te!!!
Só mesmo um génio|
De zeze a 14 de Abril de 2007 às 12:07
Caro Amigo
Gostei muito da sua Aritmetica, mas também acho que nós dias de hoje já existe poucas Mulheres com esses cálculos a darem todos certos...

Um Abraço e espero a sua visita
De Tangerina a 16 de Abril de 2007 às 12:14
Está mto bem escrito mas soa a pura mentira.

bj citrus.
De apenasMadalena a 16 de Abril de 2007 às 14:39
Bolas, senti-me uma nulidade a matemática, mas confesso que gostei do que li!!
Bjokas
Madalena
De apenasMadalena a 16 de Abril de 2007 às 14:39
Bolas, senti-me uma nulidade a matemática, mas confesso que gostei do que li!!
Bjokas
Madalena
De HornyMeUp a 17 de Abril de 2007 às 10:42
Mr. Shaker,

Adorei, pura e simplesmente.

A inspiração provêm do que nos circunscreve e se formos suficientemente abertos de mente encontraremos arte até nas mais infimas coisas.

Gostei bastante do modo como conseguiu esmiuçar a temática e enquadra-la na paixão com total harmonia.

Abraço
De Maeve a 17 de Abril de 2007 às 15:23
Caro shaker
Muito bom este post.

Já o tinha lido no Honky Tonk Women.

Fez muito bem em o publicar novamente.


Abraço
De Marisa a 17 de Abril de 2007 às 16:49
Caro Shakermaker, venho por esta forma informá-lo de que foi distinguido com um Thinking Award Blogger, convido-o a passar no meu blog... tchin tchin!
E já agora muito obrigada por tão belos textos...

Um abraço...
De Marisa a 17 de Abril de 2007 às 16:52
Ops... Obviamente que pretendia dizer, 'Thinking Blogger AWARD'...
Scuza.
De Carmen a 18 de Abril de 2007 às 17:12
Ora viva!
Tenho muito pouco tempo pra passeios na net ultimamente mas ainda assim faço questão que cá dar um saltinho...e como sempre encantada com os seus posts...este ultimo é a prova (e)vidente que as formulas matemáticas também podem ser utilisadas como declarações de amor!!!!!! Logo ao primeiro matemático que me fale assim tão poéticamente, prometo nem perguntar se 1+1 será ou não = a 2... garanto que não me escapa!!
Um abraço
De Manefta a 19 de Abril de 2007 às 17:24
Ora viva,

vim só dar o meu ar de graça e tal, perguntar...mas afinal aqui não se posta é?? Hum? Pronto, este texto...tenha erros de cálculo ou não, é desde a primeira vez q o li, um dos meus preferidos, pois sempre me senti fascinada c o universo das certezas matemáticas.
Já vi que nao param de o ofender, insistem em chamá-lo de excepcional, de génio, e mais nao sei o kê, quando o caro Shaker é só um gajo normal lol o que o distingue, além deste azul cor de hematoma com 3 dias, é a capacidade de separar o bom do mau na maioria das vezes que constroi um texto. Enquanto escrevinhar coisas assim, serei sempre sua fã.

beijos, muitos, resmas deles lol

Manefta

desancar shakermaker

Blog Widget by LinkWithin

»posts & blogjobs

» música menstrual

» o amor faliu

» dead man walking

» alive and kicking

» saudade amolece

» música para gente grisalh...

» penálti de cabeça #01

» café puro

» mais (es)perto da estupid...

» do caixão ao berço

» você bate no seu pc?!

» parebenizar & desvaloriza...

» bamboleo bambolea

» subindo paredes

» videoclip #05

» recycle bin

» saturday night sweat

» deixem-me em paz!

» working class hero

» a frase feita: o lugar-co...

» foram espinhos contra ros...

» há coisas que eu sei

» (quase) tudo sobre justiç...

» videoclip #04

» surrealizar por aí

» (com)postura corporal soc...

» todos juntos somos mais

» (quase) tudo sobre cortej...

» amor: um silêncio coniven...

» o cintilante não é brilha...

» a conspiração do semáforo

» as lesmas & as alfaces

» molhar as partes pudibund...

» presos pelo nariz

» dog bless america

» inferência das coincidênc...

» eu acredito no mosquito

» quem tem o gay na barriga...

» tira-nódoas vs tira-teima...

» um eco do prazer

» estou cansado de ser sexy...

» amor: reavivando a memóri...

» cosmética sexual #02

» cosmética sexual #01

» amor: brincando com o fog...

» cravados na mente

» o universo paralelo

» mistério do objecto invis...

» 7 e picos, 8 e coiso, 9 e...

» #33

»séquito & móinas

»feeds & não-sei-quê

»tags

» todas as tags