Segunda-feira, 14 de Setembro de 2009

saturday night sweat

 

Neste sábado à noite, finalmente fui a uma festa da M80. Foi assim uma coisa não planeada mas já que me encontrava perto a jantar e até me ofereceram um convite, então lá fui. Primeira impressão: mesmo muita gente. Não só a caminho da festa mas um pouco por todo o lado ao longo da Baía de Cascais. Segunda impressão: havia gente acabada de sair do armário e outros tantos acabados de sair do baú. Havia gente de todas as idades – alguns vestidos a rigor – mas acima de tudo havia malta bem-disposta e com disposição para dançar. Terceira e última impressão: uma festa mal organizada num espaço mal escolhido. Imaginem uma espécie de “caixa” com duas míseras entradas de ar  (as portas) e centenas de pessoas a dançar. Sem ar condicionado nem ventilação adequada. Num extremo do recinto havia um bar – onde os mais destilados se serviam – e no outro extremo um local para pagar, onde muitos se amontoavam. O ambiente era abafado e o suor escorria pela face dos mais resistentes, enquanto outros procuravam desesperadamente ar puro fora da “caixa”. Não aguentei sequer uma hora pois aquilo estava mesmo impossível: o que foi pena pois a música estava excelente. Eu gosto de dançar mas não a destilar. E eu até tinha um novo passo de dança – o sempre em pé – tão giro...
 
Um abraço...
shakermaker

 

para ver: LaRevanchaDelTango » G.Project
para ouvir: Dance Away por Roxy Music em Manifesto (1979)
blogjob por shakermaker às 00:00

ISOLAR POST | DESANCAR POST | RECOLHER POST
2 LINCHAMENTOS:
De PrincesaVirtual a 14 de Setembro de 2009 às 22:19
Um passo novo???? O sempre em pé????

Eu conheço uns bonequinhos que são os chamados sempre-em-pé...Balouçam de uma forma estranha :D

Bjs
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 19 de Setembro de 2009 às 14:55
Ora viva!

Cara Princesa, é mais ou menos tal como descreveu o meu novo passo de dança - um autêntico sucesso.

Um abraço...
shakermaker

desancar shakermaker

Blog Widget by LinkWithin

»posts & blogjobs

» música menstrual

» o amor faliu

» dead man walking

» alive and kicking

» saudade amolece

» música para gente grisalh...

» penálti de cabeça #01

» café puro

» mais (es)perto da estupid...

» do caixão ao berço

» você bate no seu pc?!

» parebenizar & desvaloriza...

» bamboleo bambolea

» subindo paredes

» videoclip #05

» recycle bin

» saturday night sweat

» deixem-me em paz!

» working class hero

» a frase feita: o lugar-co...

» foram espinhos contra ros...

» há coisas que eu sei

» (quase) tudo sobre justiç...

» videoclip #04

» surrealizar por aí

» (com)postura corporal soc...

» todos juntos somos mais

» (quase) tudo sobre cortej...

» amor: um silêncio coniven...

» o cintilante não é brilha...

» a conspiração do semáforo

» as lesmas & as alfaces

» molhar as partes pudibund...

» presos pelo nariz

» dog bless america

» inferência das coincidênc...

» eu acredito no mosquito

» quem tem o gay na barriga...

» tira-nódoas vs tira-teima...

» um eco do prazer

» estou cansado de ser sexy...

» amor: reavivando a memóri...

» cosmética sexual #02

» cosmética sexual #01

» amor: brincando com o fog...

» cravados na mente

» o universo paralelo

» mistério do objecto invis...

» 7 e picos, 8 e coiso, 9 e...

» #33

»séquito & móinas

»insultar shakermaker

»feeds & não-sei-quê

»tags

» todas as tags