Segunda-feira, 27 de Julho de 2009

todos juntos somos mais

 

Não deixa de ser irónico que fiquemos tão irritados perante uma confusão. Porém, teimamos em querer fazer parte dela. Uma das principais razões porque isso acontece tem a ver com a nossa predisposição para celebrar os acontecimentos ao mesmo tempo. Faz parte da natureza humana pois somos animais gregários. Temos de passar a tarde de sábado enfiados numa fila de trânsito porque os outros querem ir ao mesmo tempo para o mesmo centro comercial que nós. Mas devemos adorar pois por vezes até apitamos a buzina como se estivéssemos a celebrar. No Verão, podemos até escolher uma praia solarenga e vazia só para nós, que mais tarde ou mais cedo percorremos a costa até encontrarmos uma baía atulhada de gente a falar e com miúdos a gritar. Mas só nessa altura nos queixamos furiosos da falta de privacidade e do lixo na areia. Sempre que se aproximam o Natal e a Páscoa, chegamos a jurar que não vamos jantar a casa de ninguém e que nesse ano queremos estar sossegados no nosso lar. Todavia, por vezes parece que todos os outros resolveram ir passar o Natal ou a Páscoa à nossa terra, em casa de familiares que até devem ser vizinhos dos nossos. Entre festas de aniversário, comícios políticos, concertos de estádio, etc., amontoamo-nos sempre que podemos. Isto porque, quando as pessoas podem fazer o que lhes apetece parece que fazem todas o mesmo! Por mais irreais, excêntricos, ou extravagantes, que possam ser os nossos pensamentos quando estamos sozinhos, assim que estamos acompanhados esses pensamentos convergem. É como se os outros soubessem também o que estamos a pensar – os nossos desejos mais íntimos.
 
Até mesmo naquelas coisas mais banais do nosso quotidiano como escolher a roupa que vamos vestir é por demais evidente que, apesar do nosso gosto pessoal, pomos quase sempre o olho naquilo que toda a gente também veste. O mesmo acontece quando estamos num restaurante: olhamos para a mesa do lado e vemos numa travessa algo que nos deixa com água na boca: daí a pouco estamos a pedir o mesmo. Por estas e por outras razões é que existem os pratos do dia, os saldos, os self-services, e um sem número de coisas e serviços concebidos para satisfazer os desejos das multidões – onde eu e você estamos lado a lado, claro está, fazendo as mesmas coisas. Vendo bem, as auto-estradas só existem para nos levarem a um determinado lugar para onde meio mundo também vai. Só que na viagem de regresso pode crer que todos regressam consigo! Da mesma maneira que as filas servem apenas para nos manter no caminho certo pois um rebanho tresmalhado vai sempre pelo caminho errado. Em qualquer sociedade, haver confusão é tão fundamental como haver quietação social –  ambas coexistem. Ora, os políticos sabem-no, as estatísticas comprovam-no e a matemática confirma-o: todos juntos somos mais. Por exemplo, as orgias não acontecem por caso: dois casais chegam a um motel, reservam para cada um quarto mas um erro do recepcionista pode dar-lhes chaves iguais. Talvez não valha a pena voltar atrás e reclamar pois mesmo que tenha sido apenas uma infeliz coincidência, há sempre o risco de não haver outros quartos vagos. Logo, podem aproveitar para se conhecerem melhor porque, afinal, mais fila menos fila, acabamos todos por ser aviados (!)
 
Um abraço...
shakermaker

 

para ver: Chaos Theory » Ryan Reynolds
para ouvir: All At Once por Jack Johnson em Sleep Through The Static
blogjob por shakermaker às 00:00

ISOLAR POST | DESANCAR POST | RECOLHER POST
12 LINCHAMENTOS:
De Danni a 28 de Julho de 2009 às 03:19
A malta quer é mosh, pá! E se a coisa é como dizes. que "mais fila menos fila, acabamos todos por ser aviados"... lá terei que me pôr na fila!

Jinhos
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 31 de Julho de 2009 às 09:43
Ora viva!

Nem mais, e já agora não me empurre que eu cheguei cá em primieiro.

Um abraço...
shakermaker
De FERREIRA a 28 de Julho de 2009 às 11:14
CARO AMIGO

TAMBEM ME FAZ MUITA CONFUSÃO, MAS COMPREENDO, É TIPICAMENTE PORTUGUES.

AS PESSOAS QUEIXAS POR ESTAR Á ESPERA UMA HORA NUM HOSPITAL PARA TEREM UMA CONSULTA.

MAS PASSAM A NOITE TODA Á ESPERA COM ARMAS E BGAGENS Á PORTA DE UM ESTADIO PARA COMPRAR UM BILHETE DE FUTEBOL OU ATÉ PARA UMA BANDA ROCK, SEM SE QUEIXAREM.

UM ABRAÇO
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 31 de Julho de 2009 às 09:49
Ora viva!

Amigo Ferreira, isso é muito bem observado.
Olhe, há duas filas que eu detesto, que são: a fila para pagar na Fnac pois fico com problemas de consciência do dinheiro que estou prestes a gastar; e as filas para pagar portagens que até me dão a volta à barriga. Por acaso, agora já tenho via-verde.

Obrigado e volte sempre!

Um abraço...
shakermaker
De Andrei Duarte a 28 de Julho de 2009 às 13:42
Olá

Tens toda a razão, parece que temos medo de estar sozinhos.
Precisamos de companhia para tudo, ate mesmo no WC lol

Gosto da tua escrita bem disposta ;)

Beijos
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 31 de Julho de 2009 às 09:54
Ora viva!

Só um reparo:
mas afinal chama-se Andrei ou Andreia?!
Será Andrei, o ucraniano ou Andreia, a portuguesa?!

Sabe, essa da companhia no WC é mais coisa de mulheres.
Os homens nisso são mais conservadores.

Obrigado e volte sempre!

Um abraço...
shakermaker
De SÉQUITO & MÓINAS a 28 de Julho de 2009 às 14:54
Diz-se fila ou bicha? lol
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 31 de Julho de 2009 às 09:56
Ora viva!

Que fixe, um anónimo!

Olhe, eu prefiro dizer fila, é menos espalhafatoso.

Obrigado e volte sempre mesmo no anonimato!

Um abraço...
shakermaker
De Daniela Mann a 28 de Julho de 2009 às 16:07
"Não deixa de ser irónico que fiquemos tão irritados perante uma confusão. Porém, teimamos em querer fazer parte dela. "

Só esta entrada é simplesmente brilhante! Belíssimo post.
Abraços da Daniela
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 31 de Julho de 2009 às 10:02
Ora viva!

Cara Daniela,
obrigado pela motivação pois são raras as vezes que impressiono uma mulher logo na primeira frase.

Brilhante é o seu site, Amar-Ela:
aquilo é praticamente uma revista mesmo a sério.
Tem feito um excelente trabalho,
os meus sinceros parabéns.

Obrigado e volte sempre!

Um abraço...
shakermaker
De goreti a 29 de Julho de 2009 às 00:11
Olá boa noite!!
Caí aqui de para quedas....ufa..ainda bem..uma bela aterragem!!
Parabéns pelo blog, é fantástico. A forma como abordas os temas é excelente!!!
Vou voltar.
Beijos doces e alegres!!!
De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 31 de Julho de 2009 às 10:06
Ora viva!

Primeiro, ainda bem que o pára-quedas funcionou; segundo, muito obrigado pela visita. Seja bem-vinda!

Espero que volte pois gostei desta sua atitude e bem disposta

Um abraço...
shakermaker

desancar shakermaker

Blog Widget by LinkWithin

»posts & blogjobs

» música menstrual

» o amor faliu

» dead man walking

» alive and kicking

» saudade amolece

» música para gente grisalh...

» penálti de cabeça #01

» café puro

» mais (es)perto da estupid...

» do caixão ao berço

» você bate no seu pc?!

» parebenizar & desvaloriza...

» bamboleo bambolea

» subindo paredes

» videoclip #05

» recycle bin

» saturday night sweat

» deixem-me em paz!

» working class hero

» a frase feita: o lugar-co...

» foram espinhos contra ros...

» há coisas que eu sei

» (quase) tudo sobre justiç...

» videoclip #04

» surrealizar por aí

» (com)postura corporal soc...

» todos juntos somos mais

» (quase) tudo sobre cortej...

» amor: um silêncio coniven...

» o cintilante não é brilha...

» a conspiração do semáforo

» as lesmas & as alfaces

» molhar as partes pudibund...

» presos pelo nariz

» dog bless america

» inferência das coincidênc...

» eu acredito no mosquito

» quem tem o gay na barriga...

» tira-nódoas vs tira-teima...

» um eco do prazer

» estou cansado de ser sexy...

» amor: reavivando a memóri...

» cosmética sexual #02

» cosmética sexual #01

» amor: brincando com o fog...

» cravados na mente

» o universo paralelo

» mistério do objecto invis...

» 7 e picos, 8 e coiso, 9 e...

» #33

»séquito & móinas

»insultar shakermaker

»feeds & não-sei-quê

»tags

» todas as tags