Sábado, 24 de Janeiro de 2009

dog bless america

 

Finalmente, foi nesta semana que Barack Obama se tornou, oficialmente, presidente. Porém, este finalmente não é definitivo: não porque ainda lhe restam quatro anos de presidência, mas porque as noticias sobre o novo ocupante da Casa Branca não param de nos surpreender. De política, muito pouco ainda, só que de fait divers é um ver-se-te-avias. Ora são os vestidos da Sra. Obama, ou as baby-sitters das meninas Obama. Ora é o veículo blindado presidencial, ou então é o serviço de loiça da Sala Oval. No entanto, algures durante a semana passada fomos brindados com uma daquelas notícias que nos provocam um misto de emoções: tanto podemos ficar indiferentes como, ao mesmo tempo, contentes. Ou seja, em todos os jornais nacionais, sem excepção, – incluindo os televisivos – noticiou-se sobre a hipótese de um português vir a ocupar também a Casa Branca. Calma, não é um português daqueles bípedes e meio corriqueiros mas sim um português quadrúpede e com pedigree. Sim, parece que há uma possibilidade dum canídeo português vir a enterrar ossos pelos jardins da Casa Branca ou porventura a urinar nos tapetes da Sala Oval. Parece que os Obama querem adoptar um Cão d`Água português como sua mascote, substituindo assim o famoso cachorro Barney do malfadado George W. Bush. Por mais trivial que isto possa parecer, a escolha do canídeo do presidente tem muito que se lhe diga: afinal, durante a estadia dos Bush, o Barney sempre era o animal mais esperto lá por casa. Para quem teve a oportunidade de assistir à tomada de posse de Barack Obama na passada terça-feira, decerto reparou na última frase singela do seu juramento: “ – So Help Me Dog! ”. Sendo assim, será uma grande responsabilidade para o vira-latas português. Contudo, esta hipótese de raça canina portuguesa não me parece a mais acertada. Sejamos francos nisto: para quem conhece bem o Cão d`Água, sabe perfeitamente que não se trata propriamente dum cão assim muito esperto. Aliás, alguns entendidos dizem mesmo tratar-se dum animal muito estúpido. Mas até há quem vá mais longe e utilize o insulto: que é tão esperto como o Bush. Oh, também não é preciso ser assim tão grosseiro!

 

Sim, porque lá espertos são os cães, mas mesmo assim temos cá em Portugal outros cães com muito mais esperteza. Porque não um Podengo Português ou mesmo um belo exemplar dum Serra da Estrela? Mas, tudo bem, se os Obama querem um cão escanzelado e esgrouviado, então assim seja. Ah! Espera, eles ainda não escolheram. Mas então porque raio é que se falou tanto deste assunto? Ah! Está bem, é uma das hipóteses de escolha para o novo Obama de quatro patas. Eu até acho que o governo português devia fazer algum lobbyng para que o canídeo nacional entre na Casa Branca. Pois, já que não temos hipótese de lá colocar um qualquer português bípede e inteligente, então coloquemos um português quadrúpede e… Eu ia a dizer esperto, mas não. Tem que ser, mesmo, estúpido, fazer o quê?! É que o sacana do cão só sabe ladrar e nadar! E o mais engraçado nesta história toda, é que temos a nítida sensação que existe, pelo menos, um português nos quatro cantos do mundo. A sério! Podemos estar numa praia nas Maldivas e à nossa frente está um pai a jogar à bola com o filho, que entretanto ouve-se algo do género: " – Passa a bola, caralho! ". Pronto, confirma-se. Veja-se o caso do avião que fez a amaragem no Rio Hudson, ao largo de Nova Iorque, na semana passada: entre os sobreviventes, quem é que lá estava? Um português, claro está. Posto isto, seria positivo que o Cão d´Água português entrasse na Casa Branca: seria bom para o nosso país mas sobretudo para o Obama pois esta raça nacional já deu provas que sabe nadar. E é justamente isso que o staff de Sócrates deveria aconselhar ao staff de Obama: “ – Com a água que a gente mete, Portugal está-se realmente a afundar, mas só se salva o Cão d`Agua porque é o único que sabe nadar! ”. É que caso Obama não seja o tal messias ou o dito salvador que todos nós esperamos, pelo menos o nosso canídeo sai fazendo boa figura tal como aconteceu com o cachorro do Bush, o farrusco do Barney. Tal como refere a própria constituição dos Estados Unidos: Dog Bless America!

 

Um abraço...

shakermaker

 

para ver: Slumdog Millionaire » D. Boyle
para ouvir: Diamond Dogs por David Bowie em Diamond Dogs (1974)
blogjob por shakermaker às 00:00

ISOLAR POST | RECOLHER POST
Blog Widget by LinkWithin

»posts & blogjobs

» música menstrual

» o amor faliu

» dead man walking

» alive and kicking

» saudade amolece

» música para gente grisalh...

» penálti de cabeça #01

» café puro

» mais (es)perto da estupid...

» do caixão ao berço

» você bate no seu pc?!

» parebenizar & desvaloriza...

» bamboleo bambolea

» subindo paredes

» videoclip #05

» recycle bin

» saturday night sweat

» deixem-me em paz!

» working class hero

» a frase feita: o lugar-co...

» foram espinhos contra ros...

» há coisas que eu sei

» (quase) tudo sobre justiç...

» videoclip #04

» surrealizar por aí

» (com)postura corporal soc...

» todos juntos somos mais

» (quase) tudo sobre cortej...

» amor: um silêncio coniven...

» o cintilante não é brilha...

» a conspiração do semáforo

» as lesmas & as alfaces

» molhar as partes pudibund...

» presos pelo nariz

» dog bless america

» inferência das coincidênc...

» eu acredito no mosquito

» quem tem o gay na barriga...

» tira-nódoas vs tira-teima...

» um eco do prazer

» estou cansado de ser sexy...

» amor: reavivando a memóri...

» cosmética sexual #02

» cosmética sexual #01

» amor: brincando com o fog...

» cravados na mente

» o universo paralelo

» mistério do objecto invis...

» 7 e picos, 8 e coiso, 9 e...

» #33

»séquito & móinas

»insultar shakermaker

»feeds & não-sei-quê

»tags

» todas as tags