Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2007

#100 minutos de pau feito

 

É certo e sabido que os homens acordam de pau feito, o que permitiria pensar que acabam de sair de um sonho erótico. Este facto deve causar alguns dramas entre as jovens esposas quando descobrem o seu primeiro homem. Coisas do género: com quem estaria ele a sonhar? Sabemos agora que a ciência dá razão ao pobre suspeito: a tusa matinal nada tem que ver com o hipotético sonho erótico. Então, qual é a origem deste fenómeno, que desencadeia tantos sorrisos trocistas, na praia, à volta do dorminhoco deitado de barriga para o ar? Para o efeito, observemos uma noite de sono. Um indivíduo começa por deslizar para um sono leve, depois mergulha num sono profundo e, então, ocorre um fenómeno estranho. O corpo já adormecido, parece activo como se estivesse numa vigília: a isto chama-se sono paradoxal. Pelo menos, eu chamo. A sucessão destas três fases constitui um ciclo de cerca de uma hora e meia. A seguir, recomeça: sono leve, profundo, paradoxal, etc. Numa média de cinco ciclos por noite. Durante o sono paradoxal, a actividade do corpo é intensa: os olhos efectuam movimentos rápidos, o chamado REM, e os músculos sofrem uma importante actividade eléctrica. Acordado, nesse momento, todo o indivíduo declara que estava a sonhar. Porém, o que se observa, ou o que sobressai, é que o seu pénis está erecto. O homem não tem só erecções ao acordar, nem durante toda a noite.

 

Em suma, o homem tem erecções, precisamente, durante a fase do sono paradoxal. Contudo, como as fases do sono são semelhantes tanto no homem como na mulher, será interessante saber o que se passa com elas. Com efeito, a ciência reconhece-lhes uma erecção clitoridiana (se não existe, agora passa a existir) e também uma vasodilatação vaginal (isto existe porque li na Cosmopolitan! Ops!) durante o mesmo sono paradoxal. Todavia, a mulher não sente grande coisa, nem é forçosamente sujeita à excitação matinal. É que o fenómeno, como disse anteriormente, nada tem de sexual. Ou seja, a erecção nocturna é um processo totalmente reflexo. Provém do facto de possuirmos dois sistemas nervosos: o “parassimpático”, que gere o relaxamento do corpo, e o “simpático”, que se ocupa da sua actividade. O “parassimpático” comanda a erecção, ao passo que o “simpático” a anula. Os dois sistemas opõem-se permanentemente. Ora, durante o sono paradoxal, uma parte das estruturas nervosas modifica-se: o “simpático” fica de vigia, o que permite ao “parassimpático” exprimir-se. Nomeadamente, por meio da erecção. Estes mecanismos não são de modo algum afectados pela sexualidade. A ciência explica que mesmo que um homem tenha passado por uma abstinência de várias semanas, quer se tenha masturbado durante um filme porno antes de adormecer, a duração das erecções nocturnas mantém-se sempre inalterada.

 

Agora, uma prova suplementar: as erecções nocturnas e as erecções sexuais não são controladas pelas mesmas regiões do cérebro. Não obstante, essas mesmas erecções nocturnas são espantosas, mesmo que não nos sirvam para nada. No entanto, a ciência diz que tais erecções são como uma manutenção que preserva a boa saúde dum pénis. Além disso, oxigena os tecidos. Ah, e também espreguiça-os! Digamos assim. Como o sono paradoxal dura vinte minutos por ciclo, e como existem cinco ciclos por noite, temos cerca de cem minutos de tesão. O suficiente para conservar o pénis em pleno estado de funcionamento, ainda que o proprietário esteja sujeito a uma castidade prolongada enquanto ronca como um porco. Em comparação com as erecções sexuais ditas normais, por vezes caprichosas, as erecções nocturnas ou, ao acordar, as erecções matinais, são notavelmente estáveis. Espera, agora lembrei-me duma coisa! Vejamos, o próprio Papa Bento XVI tem erecções! Nocturnas, pelo menos. Na verdade, até um impotente as tem pois as suas perturbações erécteis são, na maioria, de origem psicológica. Contudo, um homem sem quaisquer erecções nocturnas deve suspeitar de problemas na sua canalização. Por falar nisso: a famosa expressão “tesão do mijo”, não existe. Bom, em abono da verdade, por vezes, um indivíduo pode ter mesmo vontade de se aliviar pela manhã.  Mas vai continuar de pau feito.

 

Um abraço...

shakermaker

 

para ver: The Big Sleep » Howard Hawks
para ouvir: The Pretty Things Are Going To Hell por David Bowie em Hours
blogjob por shakermaker às 00:00

ISOLAR POST | DESANCAR POST | RECOLHER POST
8 LINCHAMENTOS:
De Carmen a 19 de Dezembro de 2007 às 17:45
Ora viva caro amigo Shaker,
Este discurso sobre o pau feito é muito instructivo!!!!!
E 100 minutos, wow!!!!!
Parece-me que anda a escrever com mais frequência artigos com uma certa de dose de erotismo ou sensualidade...será os 100 minutos por dia que o influenciam!!!!!! Bom... que seja o que for... você escreve lindamente em qualquer tema!!!!!!

Aproveito pra lhe desejar um Feliz Natal e que receba muitas e por favor não me venha cá com o discurso que detesta o natal, porque tem que comer bacalhau e que só recebe cuecas e blá blá blá...

BOAS FESTAS
De cigana a 19 de Dezembro de 2007 às 23:30
Mas afinal, segundo julgo ter compreendido deste manual de erecções nocturnas, o lado simpático é muito antipático, porque está sempre a controlar e a anular os tais reflexos que fazem a manutenção completa!
De Fallen Angel a 20 de Dezembro de 2007 às 22:37
Santo e Feliz Natal, são os votos de um Anjo Caido e aproveito para desejar umas entradas no novo ano cheio de paz e saude.
De ______ a 21 de Dezembro de 2007 às 13:52
Porque me apetece http://catacumbas.blogs.sapo.pt/
De R2D2 a 21 de Dezembro de 2007 às 20:18
Shakermaker , destruíste o meu imaginário!
Por outro lado abre-se todo um novo espectro de oportunidades ao nivel das piadas inteligentes com essas cenas do "parassimpático" e do "simpático". Enfim, vou ali pensar nas implicações de um gajo descobrir que a tusa do mijo é um mito urbano e já volto.
De shelyak a 23 de Dezembro de 2007 às 20:55
Que bela explicação! ufff Tinha uma ideia como as coisas funcionavam mas nunca de uma forma tão clara como a que agora aqui puseste.
Se gostei!!!! :)
Abraço, rapaz, e boas festas!
De Livraria-Virtual a 26 de Dezembro de 2007 às 14:04
O Natal já passou. Nós, moderadores e membros do grupo Livraria Virtual, esperamos que tenha passado da melhor maneira possível perto de quem mais gosta.
O ano novo está a chegar e acreditamos que seja melhor que o ano que está a terminar.
Boas entradas para o Novo Ano 2008 com muita leitura e aprendizagem.

http://livraria-virtual.blogspot.com/
De Daniela Mann a 27 de Dezembro de 2007 às 19:59
______0___o__o__o0_0__o_o__0
_____0___o__o_o__0_0__o___o__0
____0_o___o___o__0_0___o___o__0
____00o0000o00o0o0_0o00o00oo0oo0
___o00o0o00000o000_00o0o00o0o00o0
___00000o000o000o0_000o000o0000o0
___0o00oo00o0o00o0__0000o0o0o00o00
___0o0o00000o00o0___000o0o0o0o0o00
____0o0o0000o0o0_____000o0o00o00o0
_____0000o0000________ 00o000o000
______0000000___________0000000
________00__________________00
_______00____________________00
______00______________________00
_____00_______TIM_TIM__________00
____00___FELIZ 2008______ _____ ___00
_000000________________________000000

Brindemos a um ano de esperança e felicidade!

desancar shakermaker

Blog Widget by LinkWithin

»posts & blogjobs

» música menstrual

» o amor faliu

» dead man walking

» alive and kicking

» saudade amolece

» música para gente grisalh...

» penálti de cabeça #01

» café puro

» mais (es)perto da estupid...

» do caixão ao berço

» você bate no seu pc?!

» parebenizar & desvaloriza...

» bamboleo bambolea

» subindo paredes

» videoclip #05

» recycle bin

» saturday night sweat

» deixem-me em paz!

» working class hero

» a frase feita: o lugar-co...

» foram espinhos contra ros...

» há coisas que eu sei

» (quase) tudo sobre justiç...

» videoclip #04

» surrealizar por aí

» (com)postura corporal soc...

» todos juntos somos mais

» (quase) tudo sobre cortej...

» amor: um silêncio coniven...

» o cintilante não é brilha...

» a conspiração do semáforo

» as lesmas & as alfaces

» molhar as partes pudibund...

» presos pelo nariz

» dog bless america

» inferência das coincidênc...

» eu acredito no mosquito

» quem tem o gay na barriga...

» tira-nódoas vs tira-teima...

» um eco do prazer

» estou cansado de ser sexy...

» amor: reavivando a memóri...

» cosmética sexual #02

» cosmética sexual #01

» amor: brincando com o fog...

» cravados na mente

» o universo paralelo

» mistério do objecto invis...

» 7 e picos, 8 e coiso, 9 e...

» #33

»séquito & móinas

»insultar shakermaker

»feeds & não-sei-quê

»tags

» todas as tags