Quinta-feira, 26 de Abril de 2007

a minha vida secreta

 

 

Nas noites em claro e tão escuras como o vinho,

nós bebemos e brindamos enquanto nos deitamos e te iniciamos.

E tudo o que aprendes numa só noite vai te servir daí para frente...

Mesmo que te deites sempre com gente tão diferente.

Gosto do cheiro a champô e da frescura do teu perfume;

gosto do cheiro da tua pele e da pureza do teu corpo.

Mas não sou o que aparento ser quando te invado e tranco a porta...

E apesar da tua juventude, deixo-te sempre a porta aberta

da minha vida secreta.

 

Nas tardes cinzentas e tão sombrias quanto eu,

nós rimos e conversamos enquanto fumamos e experimentamos

E tudo o que fazemos numa tarde já nada tem para nos mostrar...

Mesmo que o façamos novamente com gente diferente.

Gosto dos teus olhos vividos e das tuas mãos enrugadas;

gosto das tuas histórias e das tuas fotos quando nova.

E nem sequer é preciso te dizer que ainda tenho muito para viver...

Mas apesar da tua experiência, tu és a amante mais certa

na minha vida secreta.

 

Nos dias solarengos e tão alegres quanto tu,

nós prometemos fidelidade e prestamos as nossas juras de amor.

E tudo o que te dou são meras palavras de conforto sem boa-fé…

Mesmo que as oiças da minha boca não deves acreditar.

Gosto das jovens ninfetas e de mulheres mais maduras;

gosto de mulheres apaixonadas e até das tuas amigas.

Mas eu sei o que está certo e também tudo o que faço de errado...

E apesar de te querer bem, nunca terás entrada directa

à minha vida secreta.

 

Um abraço...

shakermaker

 

para ver: AStreetCarNamedDesire » Brando
para ouvir: If It Be Your Will por Leonard Cohen em Various Positions
blogjob por shakermaker às 00:00

ISOLAR POST | DESANCAR POST | RECOLHER POST
7 LINCHAMENTOS:
De nena a 26 de Abril de 2007 às 00:15
nasceste mas foi com o diabo no corpo..
isso é que foi..,
e assencia feminina, mesmo que a dez metros..altera-te completamente o raio do paralelipípedo;e ficas nesse estado. O teu eu mais central eleva-se, e ficas como que suspenso e observas o teu outro eu a agir como se fosses 1 marioneta..
(inda bem que já voltaste, já tinha saudades tuas..deixa-me lá ir ler aquilo outra vez,,)até já tou perdida da cabeça, fiquei emocionada, és mesmo bem vindo á tua casa, pôe-te á vontade homem..e deixa-me abraçar-te..
De zeze a 26 de Abril de 2007 às 10:21
Olá amigo

Foi umas férias,esta ausencia...
Quanto ao texto é assim, o que as Mulheres fazem a um Homem, mas isso acontece porque quando um Homem gosta de tudo,não desiste delas...

Um Abraço e espero a sua visita
De Marisa a 26 de Abril de 2007 às 10:51
Vale muito a pena esperar o tempo que for necessário e depois ter o grande prazer de poder ler algo de tão intenso e genuíno e belo, como o que deixou aqui.
As mulheres são tão diferentes e ainda assim têm um fascinio que faz questão de expôr aqui, de diferentes formas...
Deixe-me lembrá-lo que lhe atribuí um thinking blogger award, passe por lá se lhe apetecer, como sabe será muito bem-vindo!
Um abraço...
De Morgaine a 26 de Abril de 2007 às 11:00
Daaahhhhh!!! agora estou furibunda. Pois! andou a enganar-me este tempo todo! É aquela história e tal, mor, gosto do teu perfume, dos teus olhos e da tua pele mas também gostos daquelas ali e.. serves-me de vez em quando mas mantém-te longe de mim.. daaahhhhhh!!! É isso.. é o diabo em pessoa a manipular marionetas!!
De AOutra a 26 de Abril de 2007 às 12:07
Olá. Mais um texto. Deixa-me lá imaginar um pouco acerca do sentido vida secreta.

Vida secreta é só uma forma minima de dizer que temos alguma coisa escondida. Mas, na realidade o que se passa é que não existem vidas secretas de facto e isto quer dizer que há sempre alguém que sabe tudo. Basta o proprio saber para não ser vida secreta e basta fazê-lo com alguém para que já não o seja. O que chamo vida secreta grupal, ou seja há a participação de dois. Para os outros que não sabem é somente um segredo, mas não é secreto, porque há como disse.
Por exemplo a pedra que os alquimista querem é secreta, quando descobrem passa a ser um segredo, mas já não é secreta.
Suponho que ser secreto é não ter conhecimento algum sobre algo, porque é mesmo impossivel de descobrir, desvelar... o secreto é algo muito raro e único, já o segredo é mais comum!!! o secreto é quando a pessoa é detentora de algo muito especial e nada mudano, nem mesmo um asassino pode considerar a sua perfomance secreta, mas sim ocultá-la sobre a face de segredo, de uma porta fechada..
Ás vezes penso que as palavras enganam...

Tu és um homem de segredos e que descobriu uma faceta secreta da sua psique... risos.

no primeiro verso dizes que apesar da tua juventude deixo-te a porta aberta da minha vida secreta e no último verso dizes: apesar de querer-te bem, nunca terás entrada directa à minha vida secreta!!
Bem, deixas a porta aberta, mas não deixas livre ela??? Estou imaginando, chego na porta aberta e quando penso que vou entrar tenho um cérbero (o cão de hades) à porta a guardar o limiar dos teus mundos.

Ah, Shaker, um dia passará alguém e não resisitirás... o problema é se apnahares uma deusa bruxa que se infiltra na tua mente!!! Como irás resolver essa questão depois??? Mas, o amor quando é grande deixa cair as resistencias e colocarás tudo em cima da mesa. Ninguém aguenta por muito tempo o secreto, um dia haverá que terá de contar!!! Nem que seja nos últimos minutos da vida.

Sabes, uma bisavó minha, casou e teve vários filhos. Um dia fugiu sem que ninguém soubesse com outro homem. Por quarenta anos manteve-se fugida e ninguém soube o que se tinha passado. No leito da morte, já com 90 e tal anos chamou o então actual marido e os filhos e contou a sua vida "secreta". Sempre a velha soube onde estavam os filhos do primeiro relacionamento, menos estes. Quando morreu os filhos resolveram procurar os meios irmãos mais velhos. Por isso eu digo, que um dia tudo se saberá, nem que seja no ultimo dia da vida. Deve ser um peso enorme guardar as coisas!!!
Bem... mais uam vez viajando e gosto de te ler!!! És bom rapaz.... Não fiques chateado é só escrita criativa....
De noivo a 26 de Abril de 2007 às 12:45
Será que todos temos uma vida secreta?
De nena a 26 de Abril de 2007 às 14:14
leio e releio e leio outra vez
interpreto, conjecturo e até invento
mas este homem é um tormento
sempre tão escuro, tão cinzento
olha pra mim, o que é que vês?
Não ves nada, é segredo
tanta porta aberta, entreaberta
mete medo
até que arranquei as portas d'uma vez.
Só lá deixei ficar as janelas
onde páram com o cio as cadelas
mas por onde observo também as estrelas
que tu, pobre de ti..já não vês.
Não vês pois já tudo sabes, tudo viste
mas mesmo assim homem..
pôrra!..Tu insiste!

desancar shakermaker

Blog Widget by LinkWithin

»posts & blogjobs

» música menstrual

» o amor faliu

» dead man walking

» alive and kicking

» saudade amolece

» música para gente grisalh...

» penálti de cabeça #01

» café puro

» mais (es)perto da estupid...

» do caixão ao berço

» você bate no seu pc?!

» parebenizar & desvaloriza...

» bamboleo bambolea

» subindo paredes

» videoclip #05

» recycle bin

» saturday night sweat

» deixem-me em paz!

» working class hero

» a frase feita: o lugar-co...

» foram espinhos contra ros...

» há coisas que eu sei

» (quase) tudo sobre justiç...

» videoclip #04

» surrealizar por aí

» (com)postura corporal soc...

» todos juntos somos mais

» (quase) tudo sobre cortej...

» amor: um silêncio coniven...

» o cintilante não é brilha...

» a conspiração do semáforo

» as lesmas & as alfaces

» molhar as partes pudibund...

» presos pelo nariz

» dog bless america

» inferência das coincidênc...

» eu acredito no mosquito

» quem tem o gay na barriga...

» tira-nódoas vs tira-teima...

» um eco do prazer

» estou cansado de ser sexy...

» amor: reavivando a memóri...

» cosmética sexual #02

» cosmética sexual #01

» amor: brincando com o fog...

» cravados na mente

» o universo paralelo

» mistério do objecto invis...

» 7 e picos, 8 e coiso, 9 e...

» #33

»séquito & móinas

»insultar shakermaker

»feeds & não-sei-quê

»tags

» todas as tags