Quinta-feira, 8 de Março de 2007

adoro-te quando te detesto

 

Adoro ver-te com os teus decotes, adoro ver-te com os teus saltos altos.

Adoro ver-te com o cabelo caído pelos ombros, adoro-te porque és tão gira.

Adoro ver-te despenteada, adoro as manchas que deixam rasto do teu batom.

Adoro ver-te nua por cima da cama, adoro ver a tua roupa espalhada no chão.

Mas detesto quando lês as minhas palavras, porque mexes tu nas minhas coisas? Eu detesto quando fazes isso,

querida, se soubesses como detesto quando fazes isso...

Querida, eu detesto quando fazes isso.

Detesto mesmo, e não te volto a avisar outra vez!

 

Adoro quando mordes a minha orelha, adoro dar trincas pelo teu pescoço.

Adoro quando vejo o teu nome no visor, adoro escutar a tua voz ao telefone.

Adoro quando molhas os teus lábios nos meus, adoro sentir-te toda a entesar.

Adoro quando passas as noites comigo, adoro que te esqueças que és casada.

Mas detesto quando me arrumas as gavetas, porque mexes tu nas minhas coisas? Eu detesto quando fazes isso,

querida, se soubesses como detesto quando fazes isso…

Querida, eu detesto quando fazes isso.

Detesto mesmo, e não te volto a avisar novamente!

 

Um abraço...

shakermaker

 

para ver: OnTheWaterfront » Brando/Kazan
para ouvir: She`sAGirlAndI`mAMan por LloydCole em Don`tGetWeirdOnMe,Babe
blogjob por shakermaker às 00:00

ISOLAR POST | DESANCAR POST | RECOLHER POST
10 LINCHAMENTOS:
De helluah a 8 de Março de 2007 às 06:47
ai a mulher nao se toca? caro shaker, em caso de duvida, chicotadas!!!
De nena a 8 de Março de 2007 às 08:15
ó queridaaa!!!...mas tu ainda aí tááás!!!..
De nena a 8 de Março de 2007 às 09:31
ó querida; lá por te adorar desta maneira,
não quer dizer que não és bisbilhoteira;
ó querida, lá por seres toda boa,
não quer dizer que me deixes assim á toa;
ó querida; lá por seres chica esperta,
não quer dizer que não tenhas a porta aberta;
ó querida, lá por seres tão lindinha,
não quer dizer que te não parta a cabecinha;
ó querida; mas tu não vês que és casada?
ponho-te á porta não tarda nada;
ó querida tou-me a passar,
e só me chateias se eu deixar;
ó querida não te estiques,
senão querida, qualquer dia não existes;
ó querida anda cá,
fecha a merda da gaveta.JÁ!
De nena a 8 de Março de 2007 às 09:36
e aqui já ninguém viu;só se ouviu da janela do 3º andar abaixo:
óóó queridoooooooooooo.o.o.o.o.o.!
CATRAPUNS!!..
De Mariana a 8 de Março de 2007 às 10:59
Uma relação de amor é isso: mix de adoro e detesto. A vivência da dualidade humana em cada um de nós (M/F).
O carrocel de emoções!
Quem escreve assim, trata o amor por tu.
De Marisa a 8 de Março de 2007 às 11:49
Realção amor-ódio?
Parece-me bem, se só fazemos o que vos agrada tormo-nos submissas, se vos desagradamos por completo tornamo-nos intragáveis, portanto o meio termo parece-me muito bem. E depois podemos sempre ir ao castigo.
Espero-o no meu piacere...como sempre.
Baci
De Eu a 8 de Março de 2007 às 15:20
De xi-c a 8 de Março de 2007 às 21:27
Isto é uma homenagem à Mulher?
Inaceitável.

xi-c
De Gala a 9 de Março de 2007 às 00:20
tb nao gosto ke mexam nas minhas coisas , por outro lado adoro ver um homem todo nu na minha cama....lol

há ke saber educa-los (as) eheheheh

gosto da tua imprevisbilidade

( acho ke nao devia tere scrito isto, mas agora já está )
De MalucaResponsavel a 11 de Março de 2007 às 14:44
:) fezme lembrar o teu cantinho antigo... mas tb detesto q mexam nas coisas q sao so minhas...

desancar shakermaker

Blog Widget by LinkWithin

»posts & blogjobs

» música menstrual

» o amor faliu

» dead man walking

» alive and kicking

» saudade amolece

» música para gente grisalh...

» penálti de cabeça #01

» café puro

» mais (es)perto da estupid...

» do caixão ao berço

» você bate no seu pc?!

» parebenizar & desvaloriza...

» bamboleo bambolea

» subindo paredes

» videoclip #05

» recycle bin

» saturday night sweat

» deixem-me em paz!

» working class hero

» a frase feita: o lugar-co...

» foram espinhos contra ros...

» há coisas que eu sei

» (quase) tudo sobre justiç...

» videoclip #04

» surrealizar por aí

» (com)postura corporal soc...

» todos juntos somos mais

» (quase) tudo sobre cortej...

» amor: um silêncio coniven...

» o cintilante não é brilha...

» a conspiração do semáforo

» as lesmas & as alfaces

» molhar as partes pudibund...

» presos pelo nariz

» dog bless america

» inferência das coincidênc...

» eu acredito no mosquito

» quem tem o gay na barriga...

» tira-nódoas vs tira-teima...

» um eco do prazer

» estou cansado de ser sexy...

» amor: reavivando a memóri...

» cosmética sexual #02

» cosmética sexual #01

» amor: brincando com o fog...

» cravados na mente

» o universo paralelo

» mistério do objecto invis...

» 7 e picos, 8 e coiso, 9 e...

» #33

»séquito & móinas

»insultar shakermaker

»feeds & não-sei-quê

»tags

» todas as tags