Quinta-feira, 28 de Dezembro de 2006

(quase) toda a verdade #02

 

Todos os anos, alguns dias antes do Natal, realiza-se um evento que dá pelo nome de "Natal dos Hospitais". Ora, este evento que também é um programa televisivo, não é mais do que um instrumento de tortura e limpeza do governo português. De tortura porque é sem dúvida um tormento para todos os internados e acamados que estão nos hospitais. E de limpeza porque se pretende correr com os mesmos das enfermarias e demais serviços hospitalares. O "Natal dos Hospitais" serve para o Ministério da Saúde controlar as vagas e listas de espera nos serviços de saúde, enquanto a Santa Casa da Misericórdia, que é outro dos organizadores do evento, aproveita para estimular possíveis milagres natalícios. Assim que se aproxima o Natal, a população internada nos hospitais fica ansiosa e assustada com a possibilidade do hospital onde estão ser o escolhido para a realização do próximo "Natal dos Hospitais". Ainda por cima, há três canais televisivos que também organizam e transmitem estes eventos. Pelo que se assiste a uma debandada geral dos internados por esta altura, embora a maior parte dos acamados não consiga obter alta. Estes, que não conseguem escapar ao suplício do evento, não têm outra alternativa do que assistir ao espectáculo deprimente. A menos que haja uma grande força de vontade ou mesmo um milagre, como assim espera a Santa Casa. Quase todos os anos há relatos de paraplégicos, e outros acamados de longa duração, que dum momento para o outro se levantam e desatam a fugir assim que o Nelo Monteiro começa a cantar. Dizem que só mesmo os surdos é que permanecem impávidos e serenos durante as actuações do Toy, e alguns até batem palmas! Já os invisuais, tanto lhes faz que a Rute Marlene actue de mini-saia ou de cai-cai quando canta o "Pisca-Pisca" ou o "Coisinha-Sexy". Os doentes sob sedativos também não se importam e normalmente nunca se queixam. Por outro lado, os candidatos à eutanásia protestam bastante pois não precisam que lhes aumentem ainda mais o sofrimento. No "Natal dos Hospitais" está sempre presente a nata da nossa música popular. Desde o mais medíocre até ao mais pindérico, ninguém falta a este evento. Não obstante, o espectáculo prolonga-se por horas a fio, numa maratona de tortura sonora em que as vítimas se definham lentamente e algumas chegam mesmo a entrar nas urgências. Com tudo isto, o governo controla assim as listas de espera, pois quem foi ao ar perdeu o lugar, e a igreja reclama milagres durante o evento com a súbita melhora de alguns inválidos. Só mesmo as televisões é que não percebo como tiram vantagens de tudo isto... Apesar da publicidade, penso que é contraproducente para as audiências, dos canais portugueses, deixarem os Euládios Clímacos e as Serenellas Andrades deste país apresentarem os "Natais dos Hospitais". Eu assim que os vejo no televisor mudo logo de canal!

 

Um abraço...

shakermaker

 

para ver: Viva Zapata! »M.Brando/E.Kazan
para ouvir: RosesInTheHospital »ManicStreetPreachers» GoldAgainstTheSoul
blogjob por shakermaker às 00:00

ISOLAR POST | DESANCAR POST | RECOLHER POST
10 LINCHAMENTOS:
De Noivo a 28 de Dezembro de 2006 às 18:28
Fizeste-me rir......:) tá boa:)
De NãoSouEuéaOutra a 28 de Dezembro de 2006 às 18:45
Boa tarde. Encontrei este caminho através da Carmen666.
Boas Festas.
Há mais de uma pilha de anos que não vejo esses programas. Raramente vejo televisão. A pobreza é tanta que não consigo mergulhar nela a fios seguidos.
Relembro que há uns anos, sensivelmente 2 anos, acordei muito cedo e liguei a Tv e, vejo a seguinte publicidade: "se quiser acordar bem disposto e alegre para o seu dia, não deixe de ver o jornal diário para se manter informado." Esperei um pouco, enquanto minha cabeça andava à roda com a frase: "acordar bem disposto, assistindo ao jornal diário!"
Alguns minutos depois, heis o "santo" diário para injectar as veias de alegria. Começo a observar onde estava a alegria que iria me colocar na ordem do dia, seguindo a publicidade minutos antes.
Constatei que a alegria era um paraiso perdido no outro lado do oceano, onde dificilmente alguém chegará pela manhã, ao abrir o noticiário para se injectar de informação "alegre".
Assim, que o diário de informação abre as suas portas a primeira injecção que recebo nas veias é: bombardamento em x cidade, acidente na crl, com embate de dois carros contra camião provocando 4 mortos, incendio numa capela numa planicie alentejana, inflação aumentou x por cento, gasolina aumentou.... e por aí adiante!!! Ao fim de 20 minutos (ainda tive a coragem de ficar 20 minutos, para ver se recebia a tal injecção de boa disposição logo pela manhã) vejo que estou mas é metida num poço de depressão alimentada pela Tv, quando tinha acordado com boa disposição.

Boas festas e até um dia destes.
De antídoto a 28 de Dezembro de 2006 às 22:00
Mas, como diria o falecido, é disto que o meu povo gosta...
De padeiradealjubarrota a 28 de Dezembro de 2006 às 22:40
O natal dos hospitais deve ser um pesadelo para muitos doentes, e não só, que precisam de estar ali ao vivo, horas a fio, numa seca infindável por causa do directo televisivo! Quanto ao comentário deixado no meu blog é absolutamente verdadeiro: ajudar neste país parece ser um favor. Há entraves por todo o lado. Inacreditável!
De PrincesaVirtual a 28 de Dezembro de 2006 às 22:55
Bolas ...bolas falhei o Natal dos hospitais :D

Antes de mais deixe.me dizer que o menino fica muito bem de barreta :D

E agora resta-me desejar-lhe um exelente ano de 2007 com tudo de bom ;)

Beijinhos shakerzinho :D
De Dr.ª High Heels a 29 de Dezembro de 2006 às 02:33
Ai caramba, o que eu ando desactualizada! Ainda há disso? Pensava que já tinham acabado com a tortura! Bom, mas se tem fim terapêutico e serve para realizar milagres como os descritos, meu caro Shaker, viva o Natal dos hospitais!

[Bolas, como gosto do “pisca-pisca” da Rute Marlene! Talvez ainda vá a tempo de comprar a musiquinha para oferecer a quem mais gosto, afinal o Natal é todos os dias e este ainda não acabou ou já? Olhe, Merry Christmas to you e um bom ano, ou sei lá mais o quê...]
De conchitamachado a 29 de Dezembro de 2006 às 14:15
Feliz 2007...

GrandeAbraço
De Loira a 29 de Dezembro de 2006 às 14:53
Olá!

Passei para te desejar um ano de 2007 cheio de sucesso, conquistas e agradáveis surpresas!

Beijinhos e até para o ano!
Loira
http://loiradistraida.blogs.sapo.pt/

De Patrícia a 29 de Dezembro de 2006 às 16:28
Bom 2007 é o que te deseja esta Patrícia.
Beijos
De Daniela a 29 de Dezembro de 2006 às 17:36
Antes o Natal dos Hospitais do que uma qualquer maratona de telenovela. Assim, ao menos, sempre me divirto a gozar à descarada com a parafernália de ditos "cantores" que passa por lá.

Mas olha que a mim parece-me, so me parece, que os doentes até não desgostam tendo em conta a quantidade exarcebada de velhinhas, gordinhas e afins que por lá andam a abanar o esqueleto...

desancar shakermaker

Blog Widget by LinkWithin

»posts & blogjobs

» música menstrual

» o amor faliu

» dead man walking

» alive and kicking

» saudade amolece

» música para gente grisalh...

» penálti de cabeça #01

» café puro

» mais (es)perto da estupid...

» do caixão ao berço

» você bate no seu pc?!

» parebenizar & desvaloriza...

» bamboleo bambolea

» subindo paredes

» videoclip #05

» recycle bin

» saturday night sweat

» deixem-me em paz!

» working class hero

» a frase feita: o lugar-co...

» foram espinhos contra ros...

» há coisas que eu sei

» (quase) tudo sobre justiç...

» videoclip #04

» surrealizar por aí

» (com)postura corporal soc...

» todos juntos somos mais

» (quase) tudo sobre cortej...

» amor: um silêncio coniven...

» o cintilante não é brilha...

» a conspiração do semáforo

» as lesmas & as alfaces

» molhar as partes pudibund...

» presos pelo nariz

» dog bless america

» inferência das coincidênc...

» eu acredito no mosquito

» quem tem o gay na barriga...

» tira-nódoas vs tira-teima...

» um eco do prazer

» estou cansado de ser sexy...

» amor: reavivando a memóri...

» cosmética sexual #02

» cosmética sexual #01

» amor: brincando com o fog...

» cravados na mente

» o universo paralelo

» mistério do objecto invis...

» 7 e picos, 8 e coiso, 9 e...

» #33

»séquito & móinas

»insultar shakermaker

»feeds & não-sei-quê

»tags

» todas as tags