Quinta-feira, 19 de Julho de 2007

fulano esteve aqui

 

Não gosto de casas de banho públicas e só muito dificilmente, ou seja aflito, vulgo à rasca, é que entro numa. Porém, não consigo de deixar de reparar num pormenor que me causa alguma estranheza. Porque raio é que as pessoas têm a mania de escrever nas casas de banho? Nunca percebi se é para marcarem território ou se de facto é como que obrigatório deixar uma mensagem numa porta ou num qualquer azulejo. Além disso, há desde mensagens escritas a caneta, até mensagens escavadas com muita precisão e paciência: julgo que usando uma chave. As mais comuns são: "Zé Manel esteve aqui", "Cajó ama Cati" ou "Jesus vive em mim". Vejamos, porque carga de água é que alguém faz questão de confirmar que usou de facto determinado urinol?! Eu estou-me nas tintas para os gajos que urinaram antes de mim – não me aquece nem me arrefece – somente me enoja pensar sequer no assunto. Também não entendo qual é a finalidade de deixar uma mensagem de amor para a sua mais-que-tudo gravada numa porta de WC... Será que a moça visada costuma frequentar essa casa de banho, a modos que, para actividades menos próprias com este apaixonado? Não é que eu seja romântico, que não sou, mas não me parece nada poético declarar amor a alguém desta forma!? Tudo bem, um fulano pode ser muito religioso – e até ter muita fé – mas deixar uma mensagem sobre Jesus numa tampa duma sanita não me parece ser lá muito católico!? Escrever nas casas de banho é considerado crime pelo nosso código penal. Porém, estou em querer que isto é mais um desses crimes sem castigo pois é difícil apanhar em flagrante estes prevaricadores. Isto porque, quem faz isto numa, faz em todas! Não estou a ver alguém aperceber-se que outrem está a esgravatar numa porta de WC e ir prontamente chamar as autoridades. E mesmo que o faça, dificilmente um policia consegue deter um indivíduo com a boca na botija. Isto é: de caneta na mão. Além do cheiro nauseabundo que se tem que suportar para fazer tamanha detenção, há ainda o facto do escritor de sanitários poder deitar na pia o seu instrumento de escrita e lá se vão as provas do crime. De todas as mensagens que já li em casas de banho públicas, houve uma que me ofendeu profundamente. Dizia isto: "Lá fora és o maior mas aqui dentro cagas-te todo". Gostava de saber quem foi esse sacana sem tomates que escreveu esta mensagem! Isto revela uma grande falta de coragem ao aproveitar-se dessa situação – estando eu numa actividade embaraçosa – para me injuriar. Posto isto, declaro solenemente que nunca escrevi uma mensagem numa casa de banho. Se por acaso virem escrito num qualquer WC: "shakermaker esteve aqui", não façam caso. Terá sido somente um engraçadinho que leu este post.

 

Um abraço...

shakermaker

 

para ver: Desperado » Banderas/Rodriguez
para ouvir: We Are The Pigs por Suede em Dog Man Star
blogjob por shakermaker às 00:00

ISOLAR POST | DESANCAR POST | RECOLHER POST
27 LINCHAMENTOS:
De Daniela Mann a 21 de Dezembro de 2006 às 00:41
HA HA HA HA HA HA HA
Excelente, sublime!!!
A melhor que já li numa casa-de-banho foi: "Amar sem ser amado, é como limpar o cú sem ter cagado!".
LOLOLOLOLOLOL
Uma máxima de sabedoria!
Beijinhos
,¡|i¹i|¡,    
      ¹i|¡,¡|i¹   
,¡|i¹i|¡,       ,¡|i¹i|¡,      ,¡|i¹i|¡, 
¹i|¡,¡|i¹     ¹i|¡,¡|i¹     ¹i|¡,¡|i¹  

   ,¡|i¹i|¡,         .,¡|i¹i|¡, 
   ¹i|¡,¡|i¹        ¹i|¡,¡|i¹   
      ,¡|i¹i|¡,    
      ¹i|¡,¡|i¹   
,¡|i¹i|¡,       ,¡|i¹i|¡,      ,¡|i¹i|¡, 
¹i|¡,¡|i¹     ¹i|¡,¡|i¹     ¹i|¡,¡|i¹  

   ,¡|i¹i|¡,         .,¡|i¹i|¡, 
   ¹i|¡,¡|i¹        ¹i|¡,¡|i¹ 

     ,¡|i¹i|¡,    
      ¹i|¡,¡|i¹   
De MalucaResponsavel a 21 de Dezembro de 2006 às 01:53
Adorei este artigo.... mm, mm... e prometo q nc hei-de utilizar o seu nome numa casa-d-banho, nem em qq outro lugar menos próprio.. o único problema é q eu n gst de promessas... :) bj
De Vanessa a 21 de Dezembro de 2006 às 02:19
Oi Shaker! Estás cada vez pior e só espero q alguém te dê no Natal um pouquinho mais de juizinho pá eheheh Olha amigo, não sei se passo cá outra vez por isso desejo-te um feliz Natal com tudo de bom p ti e com mtas gajas boas no sapatinho ahahahah
Cuida-te, beijo bom!!!
De Marisa a 21 de Dezembro de 2006 às 11:08
Brilhante!
Os seus textos têm algo de fantástico, que é serem diferentes de tudo o que se faz na blogosfera, pelo menos do que me é dado a conhecer.
Aproveito para lhe desejar o que já sabe, porque toda a gente o faz e espero sinceramente que no ano que vem continue a ler aqui óptimas pérolas de lietratura, que são os seus textos.

Um abraço.
De maria joão a 21 de Dezembro de 2006 às 11:53
Não há espaço para duvidas, és doido varrido! Só mesto tu para de semelhante tema. Eeheh adorei!
De apenasMadalena a 21 de Dezembro de 2006 às 14:59
Olha hoje passei por aqui não para comentar, mas sim para te deixar 1 beijinho de Boas Festas!!
Tudo do "best" para ti e todos os que te são queridos :)
Que o próximo ano seja um ano de realização a todos os níveis.
Bjokas
Madalena
De Estagiário Farmacêutico a 21 de Dezembro de 2006 às 17:55
Quem sabe se um dia não descobriremos o novo Luís de Camões ou a nova Florbela Espanca numa porta de WC? Eu sei que uma pessoa não tem nada que fazer mas escrever dedicatórias de amor enquanto expele o resto da feijoada do dia anterior, pronto, parece-me um pouco estranho....
De suminha a 21 de Dezembro de 2006 às 21:01
Boa noite, encontrei por acaso este blog e devo desde já dizer que para 1º impacto foi sem dúvida um grande tema o escolhido para eu ter de ler. as casas de banho não servem só para fazer necessidades que não se controlam, mas francamente não entendo porque razão se aproveita esse momento que não passa de uma perca de tempo para escrever mensagem de amor, mas que amor de merda.
Gostei bastante de passar por cá.Um Feliz Natal e bons temas para explorar, parece-me que há por aí bastante jeito.
De vício a 21 de Dezembro de 2006 às 21:36
de modo nenhum sou a favor desse escritos sanitarios mas posso-te dizer que essa tal frase que te ofendeu... a mim fez-me rir!
acho que ficavas mais ofendido se encontrasses uma frase bem longa, escrita só numa linha e que acabasse a dizer "agora chega-te para o lado que estás a mijar fora da pia"
De alma ébria a 22 de Dezembro de 2006 às 02:19
Há tempos li um livro que fazia uma colectânea de todos esses textos achados em casas de banho. Não me recordo do título, mas acho q a palavra latrina estava lá...

De qualquer forma comparo tudo isso a isto! Passo a explicar para mim estes comentários nos blogs têm muitas vezes objectivos semelhantes.

Alma Ébria esteve aqui!!

(e tenho um post novo - 7.30 da manhã)

desancar shakermaker

Blog Widget by LinkWithin

»posts & blogjobs

» música menstrual

» o amor faliu

» dead man walking

» alive and kicking

» saudade amolece

» música para gente grisalh...

» penálti de cabeça #01

» café puro

» mais (es)perto da estupid...

» do caixão ao berço

» você bate no seu pc?!

» parebenizar & desvaloriza...

» bamboleo bambolea

» subindo paredes

» videoclip #05

» recycle bin

» saturday night sweat

» deixem-me em paz!

» working class hero

» a frase feita: o lugar-co...

» foram espinhos contra ros...

» há coisas que eu sei

» (quase) tudo sobre justiç...

» videoclip #04

» surrealizar por aí

» (com)postura corporal soc...

» todos juntos somos mais

» (quase) tudo sobre cortej...

» amor: um silêncio coniven...

» o cintilante não é brilha...

» a conspiração do semáforo

» as lesmas & as alfaces

» molhar as partes pudibund...

» presos pelo nariz

» dog bless america

» inferência das coincidênc...

» eu acredito no mosquito

» quem tem o gay na barriga...

» tira-nódoas vs tira-teima...

» um eco do prazer

» estou cansado de ser sexy...

» amor: reavivando a memóri...

» cosmética sexual #02

» cosmética sexual #01

» amor: brincando com o fog...

» cravados na mente

» o universo paralelo

» mistério do objecto invis...

» 7 e picos, 8 e coiso, 9 e...

» #33

»séquito & móinas

»insultar shakermaker

»feeds & não-sei-quê

»tags

» todas as tags