Terça-feira, 28 de Novembro de 2006

alguns pormenores

 

Vai para um mês que me assaltaram o carro. Não foi a primeira vez que me fizeram tal maldade, embora tenha sido a primeira vez que me assaltaram este carro. Estou em querer que terá sido uma experiência muito mais traumatizante para ele do que para mim. Isto porque, este assalto, foi um pouco bizarro. Nesse sábado de manhã, estacionei o carro em frente à Casa dos Bicos ou, em inglês, Blowjobs House, e de seguida dirigi-me para a estação fluvial para apanhar um barco para o Barreiro. Primeiro pormenor estranho: não fazia a travessia do Tejo em direcção ao Barreiro quase há vinte anos. Mas foi preciso resolver fazê-lo neste dia, logo para me assaltarem o carro! Mais tarde, e já de regresso a Lisboa também de barco, fui buscar o carro ao tal parque de estacionamento. Deparei-me com a fechadura da porta do condutor arrombada e também no interior arrombaram-me o porta-luvas. Levaram-me uma carteira com alguns documentos pessoais que teimo em deixar no porta-luvas pois é demasiado grande para arrumar nos bolsos das calças, uns óculos de sol que me custaram os olhos da cara mas que também teimo em não os colocar nas trombas e ainda alguns trocos que tinha na consola das mudanças. Agora vem o segundo pormenor deveras estranho: roubaram-me também o cinzeiro do carro! Mas porque raio é que me roubaram a porcaria do cinzeiro? Nem sequer tinha beatas pois eu nunca fumei no carro!? Resultado: fui até à esquadra da zona apresentar queixa e demorei-me quase duas horas. Sim, o palerma do agente que me fez o auto do roubo era estúpido que nem uma porta parva. Além de não conseguir escrever sequer uma palavra sem dar um erro, tinha também um sério problema de semântica. Já para não falar da falta de jeito com que escrevia no teclado do computador... Apenas com um dedo?! Mais parecia que estava a digitar o código do Multibanco, o camafeu! Eu olhava para o documento em Word e só via palavras sublinhadas a vermelho e frases sublinhadas a verde, um autêntico caos... Mas pronto, ao fim de todo aquele tempo lá me consegui despachar daquilo. Eu sei que a nossa polícia tem poucos meios e não sei quê, mas de que serve municiá-los com melhores equipamentos se os tipos nem sequer sabem escrever o próprio nome? Por fim, o terceiro e último pormenor: seria bem mais proveitoso para o sacana que me assaltou o carro, ter tentado antes assaltar-me a mim: ou ele levava um enxerto de porrada ou então ficava cinco mil euros mais rico. A sério! Sorte a minha ou azar o dele, não sei, mas gostava de saber porque raio me roubou a porcaria do cinzeiro?!

 

Um abraço...

shakermaker

 

para ver: Bird » Clint Eastwood
para ouvir: Daddy`s Gonna Pay For Your Crashed Car por U2 em Zooropa
blogjob por shakermaker às 00:00

ISOLAR POST | RECOLHER POST
De MalucaResponsavel a 28 de Novembro de 2006 às 14:26
Se era para ficar 5000 euros mais rica, quem te assaltava era eu... lol. bj
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.
Blog Widget by LinkWithin

»posts & blogjobs

» música menstrual

» o amor faliu

» dead man walking

» alive and kicking

» saudade amolece

» música para gente grisalh...

» penálti de cabeça #01

» café puro

» mais (es)perto da estupid...

» do caixão ao berço

» você bate no seu pc?!

» parebenizar & desvaloriza...

» bamboleo bambolea

» subindo paredes

» videoclip #05

» recycle bin

» saturday night sweat

» deixem-me em paz!

» working class hero

» a frase feita: o lugar-co...

» foram espinhos contra ros...

» há coisas que eu sei

» (quase) tudo sobre justiç...

» videoclip #04

» surrealizar por aí

» (com)postura corporal soc...

» todos juntos somos mais

» (quase) tudo sobre cortej...

» amor: um silêncio coniven...

» o cintilante não é brilha...

» a conspiração do semáforo

» as lesmas & as alfaces

» molhar as partes pudibund...

» presos pelo nariz

» dog bless america

» inferência das coincidênc...

» eu acredito no mosquito

» quem tem o gay na barriga...

» tira-nódoas vs tira-teima...

» um eco do prazer

» estou cansado de ser sexy...

» amor: reavivando a memóri...

» cosmética sexual #02

» cosmética sexual #01

» amor: brincando com o fog...

» cravados na mente

» o universo paralelo

» mistério do objecto invis...

» 7 e picos, 8 e coiso, 9 e...

» #33

»séquito & móinas

»insultar shakermaker

»feeds & não-sei-quê

»tags

» todas as tags